A sabedoria das flores

January 26, 2019

 

Quando as flores falam é melhor ouvir!

 

Sim elas falam e falam alto. Para ouvi-las é  só sentar em silêncio perto delas e se permitir sentir.

 

Eu cultivei o hábito de ouvir e observa as plantas e elas sempre me trazem uma palavra de sabedoria e até respostas pras minhas perguntas.  Essa belezinha de flor veio me lembrar de uma visão reveladora que tive uns anos atrás em uma sessão de meditação com a minha mãe Australiana Cema Santos.

 

 

Eu fechei meus olhos e fui imediatamente para algum lugar da Europa ocidental, lá eu vi uma mulher linda, parecia uma Elfa, ela vestia um lindo longo vestido branco. Estava sentada à beira de um lago onde derramava sua lagrimas de tristeza.

 

Eu me aproximei, ela me olhou nos olhos e disse: “ Eu não consegui! Mas você tem a chance de conseguir agora.” Ela pôs a mão em seu peito, arrancou o seu coração e o colocou nas minhas mãos,  eu fiquei ali parada olhando pra aquele coração vivo pulsante  em minhas mãos. Ela me olhou nos olhos novamente e disse: “ O segredo é a integração, a união, tudo e´ uma coisa só”.

 

O corpo dela  então começou a se decompor pouco a pouco se integrando se unindo a terra e se tornando indivisível com ela. A mensagem era clara! Eu ouvi, eu vi e com aquele coração pulsando nas minhas mãos  eu precisava sentir e integrar os fragmentos do meu ser. 

 

Ali ficou muito claro o que de fato eu vim fazer aqui no planeta terra: lembrar a mim mesma e aos outros da importância da união, da integração. Lembrar que somos luz e sombra que tudo uma coisa só, que a separação e´ ilusória, que somos todos espelhos uns dos outros.

 

Hoje, esse lembrete me veio junto com o meu sangue numa  potência ainda maior  como uma gratificação pelas sombras que integrei nesse meu último ciclo e também um chamado  para caminhar com a minha nova pele começando então mais um novo ciclo com coragem para integrar as sombras que eu agora estou pronta pra ver.

 

A cada sombra integrada eu sinto um renascimento, a minha dança ficando cada vez mais consciente, o meu corpo mais forte, as minhas emoções mais a flor da pele, a minha intuição mais clara e o caminhar mais integro.

 

O preço disso é o comprometimento! Se eu quero viver uma vida alinhada com o meu proposito eu devo estar comprometida a deixar ir tudo e qualquer coisa que me previne de estar em contato com a minha essência; devo estar comprometida a tirar as máscaras ; devo estar comprometida a sentir as dores e deixa-las irem; devo estar comprometida a assumir a total responsabilidade da minha vida sem “desculpinhas pronta”, devo estar comprometida a ser gentil e me dar suporte incondicionalmente; devo estar comprometida a ser vigilante e paciente.

 

Veja este post como um convite para olhar as suas sombras e seu medos nos olhos com carinho para aprender com eles para se integrar, transmutar e expandir. Isso não é uma tarefa fácil, mas vale a pena. Uma vez que você aprender a se conectar com o seu ritmo interno você vai conseguir aproveitar a sua linda dança.  Vamos? 

 

Com carinho, 

Samya Fraxe 

Please reload

Recent Posts

January 26, 2019

Please reload

Archive

Please reload

Tags

Please reload

BLOG